Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \30\UTC 2012

Tenho em minhas mãos 4 concursos que estão abertos e convido vocês a serem meus (minhas) concorrentes.

Já vou avisando que sou uma concorrente forte (?) e que participarei dos quatro…..

Então vamos a eles:

1 – Concurso Cultural #Procultura – Cultura e Mercado

No dia 19 de Maio, o Cemec e o Cultura e Mercado irão promover o seminário #procultura, um evento sobre o projeto de lei que altera a Lei Rouanet.

“O evento buscará colocar luz sobre as implicações em todas as áreas envolvidas, convergir argumentos, forças e propostas para um novo modelo de fianciamento à cultura no Brasil.”

O concurso cultura #procultura funciona da seguinte forma: Para participar, os interessados, deverão enviar um artigo de até 5 mil caracteres, abordando criticamente aspectos do projeto de lei que altera a Lei Rouanet, o Procultura. Os melhores textos serão publicados no site e os autores ganharão um ingresso para o seminário.

Inscrições: de 21 de Março a 10 de Maio. O resultado sairá até o dia 16 de Maio

Clique aqui para ler o regulamento

2 – IV Concurso de Desenho Talentos Design´12 – Fundação Banco Santander

Trata-se de um concurso de design para universitários e estudantes do ensino superior, com o objetivo de fomentar, reconhecer, difundir e premiar a criatividade e o talento no âmbito do design.

Há cinco categorias temáticas:

  • Espaços e decoração
  • Industrial ou produtos
  • Gráfico
  • Moda e Têxtil
  • Digital

Os participantes poderão enviar suas obras até o dia 10 de Maio de 2012, as 17h (hora espanhola)

Os projetos serão votados pelo público no site do concurso, e os selecionados serão os que tiverem maior pontuação média.

O período de votação começa as 11h (hora espanhola) de 1 de Fevereiro de 2012 e termina no dia 17 de Maio de 2012, as 17h (hora espanhola)

A notificação das obras selecionadas será no dia 12 de Junho de 2012

Dos projetos selecionados, um juri composto pela Fundação selecionará 6 obras, das quais 1 será a obra vencedora, e as outras 5 receberão menção honrosa.

O vencedor terá direito a 5.000 Euros brutos e a exposição da obra premiada. Haverá ainda 5 menções honrosas, que obterão um prêmio de 2.500 Euros brutos para cada um.

Acesse o site e conheça os projetos já inscritos.

3 – Folha Memória – Folha de S. Paulo

Programa de Orientação de Pesquisa em História do Jornalismo Brasileiro, que dará bolsas para pesquisas de temas da história do jornalismo brasileiro. Podem ser propostas sobre fenômenos de qualquer época (inclusive contemporâneos), relacionados a qualquer meio jornalístico.

Poderá se inscrever qualquer pessoa que esteja cursando ou tenha concluído qualquer curso de graduação em qualquer universidade brasileira.

O objetivo é promover a realização de pesquisas conduzidas com rigor acadêmico, mas apresentadas na forma de um texto de interesse geral.

As bolsas constituir-se-ão em reembolso de despesas, no valor de R$2.530. Estarão ainda à disposição de cada um dos bolsistas a quantia de R$3.150 para viagens

Os temas sugeridos nesta edição são:

  • Jornalismo na São Paulo modernista dos anos 20
  • 60 anos de jornalismo de saúde – da descoberta do DNA à vacina contra o câncer
  • Angelo Agostini (1843-1910) e a “Revista Ilustrada” contra a escravidão
  • O jornal pernambucano “Diário Novo” no centro da revolta Praieira (1848)
  • A história da revista “Senhor” (1959-1964)

As inscrições se encerram à meia-noite do dia 30/04/12 e a divulgação dos contemplados será feita em 15/07/12 (um dia depois do meu aniversário…..será um sinal?).

A entrega do livro pronto será em 15/01/13, que deverá ter entre 80 e 100 laudas (de 168 mil a 210 mil toques)

Os textos finais serão avaliados e o vencedor receberá um laptop no valor de R$2.500 e os outros bolsistas receberão, cada um, um vale-livros da PubliFolha no valor de R$500.

Acesse o regulamento

4 – Call Parade – VIVO

Entre 20 de Maio e 24 de Junho acontecerá a Call Parade, que transformará 100 telefones públicos da capital num suporte original para obras de arte.

Avenida Paulista, saída do Metrô Consolação, comunidade Paraisópolis, Pinheiros e Vila Madalena são algumas das áreas da cidade escolhida para o projeto.

As inscrições acontecem até dia 8 de abril. A listagem dos selecionados será divulgada no site em 11 de Abril.

Os selecionados receberão a cúpula, confeccionada em fibra de vidro, com fundo branco, preparada para receber os projetos mais criativos.

Além do reembolso de material, os selecionados receberão uma ajuda de custo de R$ 500

Acesse o regulamento e formulário

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

De uns tempos para cá, passei a prestar atenção e me dedicar a pesquisar e estudar a comunicação nas novas mídias….

Já escrevi textos sobre a Reciclagem Cultural, a Era do Exibicionismo, a Mercantilização da Cultura….

E aí, nesta semana, na aula de Processos Comunicativos, minha professora Daniela Osvald, nos apresentou KUTIMAN

Seu projeto esbarra em algumas questões da era digital que eu gosto de refletir: compartilhamento de informação, criação coletiva, troca de arquivos de áudio e vídeo, direito autoral,  revolução das ferramentas………..e também levanta a questão de que não se precisa de produção, maquiagem, figurino, luz, etc…. para se fazer vídeos. Ou precisa? Depende qual é o resultado esperado……

E neste vídeo que está a seguir, tem até uma caixa registradora no meio do vídeo, que pode ter várias leituras……

Kutiman  faz vídeos musicais (clipes?) onde utiliza como materia-prima vídeos caseiros de quaisquer pessoas, postados no youtube.

Kutiman pode ser caracterizado com uma miscelânea de advérbios das novas mídias: mashup, remix, reciclagem, sampler, curador digital…..

“Ele utiliza o youtube como base de dados, e transforma um sintagma em paradigmas, que após editar da forma que decidir, volta a ser sintagma…….” (Essa frase foi só pra testar e saber se eu aprendi os conceitos da última aula!!!)

Pesquisando na rede, ele tem 30 anos, é músico, compositor, produtor e  animador de Israel. Ele é conhecido pela criação do projeto ThruYOU (Quando entra no site do projeto parece que o site está com algum problema…….eu gostei !!!).

E esta imagem abaixo é a capa do primeiro álbum de Kutiman de 2007 (não sei se ele fez outros)

 No início de 2010, Kutiman editou o clip de Maroon 5 com imagens de cada membro da banda tocando sozinho, intitulado “Kutiman Mixes Maroon 5”

Rapidamente e superficiamente o que é esse projeto e um pouco mais de Kutiman:

Em 2009, Kutiman lançou esse projeto, que seriam vídeos de música editados a partir de vídeos do Youtube, que receberam mais de 10 milhões de visitas em 2 semanas. A Revista Time o considerou como uma das 50 melhores invenções de 2009.

Kutiman lançou outros vídeos também, mas mantendo o estilo ThruYOU:

My Favorite Color“: Com uma edição de som mais complexa e onírica.

ThruJerusalém“: Com filmagens do próprio Kutiman.

My Favorite Band“: Editado com vídeos de músicos que executam “Black Dog” de Led Zeppelin.

This Is Real Democracy“: Com foco político, editado com vídeos de pessoas que manifestam nas ruas, além de líderes mundiais

Minha pesquisa não se aprofundou muito, mas o que pude perceber é o quão genial é este artista…. Vale a pena um mergulho nesse mar de criatividade para saber mais e se inspirar, afinal com essa pesquisa superficial, a certeza de  ter perdido algumas idéias e conceitos de Kutiman é inevitável !!!!

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Em uma das aulas de Semiótica da Cultura, num momento específico em que falávamos sobre psicologia, minha professora Malena Contrera (que é incrível!!!), citou alguns escritores importantes dentre eles Luigi Zoja e falou de dois livros dele. Um é o “Nascer não Basta“, onde o autor analisa as motivações inconscientes que hoje levam o indivíduo a recorrer as drogas pesadas e indica que uma das principais razões disso é a ausência de processos capazes de conferir à pessoa uma real identidade existencial.  E o outro, que é o título desse post é a “História da Arrogância”

Não sei exatamente se foi a narrativa de Malena ou se uma curiosidade inata e óbvia, pois não conhecia esta personalidade, mas o fato é que me interessei por Zoja e mergulhei numa pesquisa nos mares da psicologia dele.

E agora o livro História da Arrogância já está na minha enorme lista de livros que quero ler !!!!

E pra quem não sabe quem é Zoja e do que se trata o livro, farei uma breve descrição dos mares por onde passei………

Zoja (1943) é um psicanalista e escritor italiano, mas primeiro se formou em Economia e fez uma pesquisa em Sociologia; depois disso foi que estudou no Institutito CG Jung.

Trabalhou por alguns anos em uma clínica, deu aulas no Instituto e também em Universidades de Palermo e Insubria. De 84 a 93 foi Presidente do Centro Italiano de Psicologia Analítica e de 98 a 2001 foi Presidente  da Associação Internacional de Psicologia Analítica.

A maioria de seus ensaios e livros tratam de impasses atuais tais como consumo, vícios……

Ele esteve aqui no Brasil há pouco tempo, se é que ainda não esteja por aqui………..Neste mês, já esteve na Puc – SP, visitou o Instituto Junguiano do Rio de Janeiro e deu entrevista ao Jornal do Brasil, leia a entrevista aqui

Sinopse:

Fruto de oito anos de estudos, o livro “História da arrogância” discute o tema do crescimento ilimitado da civilização ocidental, que gerou um perigoso acúmulo de culpa inconsciente e uma sociedade em que as coisas triunfam sobre as pessoas.

O tema central do livro é a hýbris (arrogância) e seu castigo inevitável. O autor desenvolve o conceito de Limite a partir da Grécia clássica: os antigos gregos acreditavam que o “pecado” da arrogância (quere ultrapassar os limites impostos pelos deuses aos homens) era duramente punido por Nêmesis, deusa da justiça.

A profunda análise dos antigos textos gregos, na primeira metade do livro, é seguida por um estudo das narrativas ocidentais sobre os castigos impostos a quem quebra o Limite: o Gênese bíblico, oInferno de Dante e O Aprendiz de feiticeiro de Goethe.

Na última parte do livro, Zoja ressalta a importância da análise psicológica para compreendermos o fenômeno do crescimento desenfreado da civilização atual até hoje discutido somente sob os pontos de vista científico e técnico.

Neste livro ricamente instrutivo e de forte sensibilidade, Luigi Zoja mostra a milenas negação dos limites e nos convida a refletir sobre os caminhos da nossa civilização neste novo milênio.

Leia prefácio escrito por Roberto Gambini

No submarino, custa R$ 35,90

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Estava olhando meu calendário e percebi o tanto de coisas legais que vão acontecer neste final de semana. Na verdade, o mês inteiro foi repleto de boas atividades socio-culturais-artísticas………

Segue meu caléndario, mas como sei o quanto está confuso (mas eu me entendo com minha confusão), transcrevo a programação e adiciono outras que não fazem parte do meu universo, mas que podem bastar a alguém………..

Março 2012

Vou listar a programação de hoje até domingo:

23/03

Antonio Nóbrega – Sesc Santo Amaro – 20h – R$20 (inteira)

Monica Freire + Pape Fall – Sesc Santana – 21h30 – R$20 (inteira)

Festa Talco Bells – Estúdio Emme – R$30 – a partir das 23h30

24/03

Antonio Nóbrega – Sesc Santo Amaro – 20h – R$20 (inteira)

André Mehmari  e Convidados – Sesc Pompéia – 21h – R$20 (inteira)

Marina De La Riva – Auditório Ibirapuera – 21h – R$20 (inteira)

Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França apresentam Metá Metá – Fundação Ema Klabin – 16h30 – Grátis

Documentário Cartas para AngolaCCBB – Festival É Tudo Verdade – 20h30 – Grátis

Curso Neorrealismo ItalianoCasa Guilherme de Almeida – 15h as 18h – Grátis

BiD e Convidados – lançamento do CD “BAMBAS DOIS” – Sesc Pómpéia – 21h30 – R$ 16 (inteira) – Os jamaicanos Luciano “The Messenjah”, Jesse Royal e Priest Tiger, além de Karina Buhr e Anelis Assunção serão convidados especiais

Instituto – Funarte – 19h30 – R$5 (inteira) –

Debate “Produção Musical Contemporânea” com Kiko Dinucci e Daniel Ganjaman – Funarte – 11h30 – Grátis

25/03

André Mehmari e Convidados – Sesc Pompéia – 19h – R$20 (inteira)

Curso Neorrealismo ItalianoCasa Guilherme de Almeida – 15h as 18h – Grátis

Cine Club Francês – Filme  O Sequestro de Um Herói, de Lucas Belvaux – Reserva Cultural – 9h30 café 10h filme – R$5

Só fica em casa quem quer……

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Ainda continuo numa fase de imersão em estudos e textos complexos……..

E para eu manter uma trilha sonora para os estudos continuo ouvindo músicas instrumentais. Dessa forma não desfoco a atenção das palavras para as letras (das músicas).

E nesta semana, lhes apresento Brother Jack McDuff….

McDuff foi um maestro, organista e também arranjador.  McDuff começou como baixista tocando com Denny Zeitlin e Joe Farrell. Trabalhou com Johnny Griffin, em Chicago. Aprendeu sozinho órgão e piano em meados dos anos 50, e começou a ganhar atenção e trabalhar com Willis Jackson no final dos anos 50 e começo dos 60. McDuff fez sua primeira gravação como líder para a Prestige, em 1960, tocando em uma banda com Jimmy Forrest. Eles fizeram dois álbuns marcantes: “Tough Duff” e “The Honeydripper”. McDuff organizou sua própria banda no ano seguinte, com Harold Vick eo baterista Joe Dukes. A banda decolou quando McDuff contratou um jovem guitarrista chamado George Benson. Eles estavam entre as bandas mais populares de meados dos anos 60 e fez vários álbuns excelentes. Grupos posteriores de McDuff no Atlântico e Cadet não igualaram o nível da banda de Benson, embora mantenham a boa qualidade. Embora sua saúde tenha oscilado ao longo dos anos 90, McDuff lançou vários discos no selo Concord Jazz antes de sucumbir à insuficiência cardíaca em 23 de janeiro de 2001, com a idade de 74.

Este CD foi gravado em 2005, mas o LP é de 1972 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Inicia-se no dia 22 próximo o Festival Internacional de Documentários “É Tudo Verdade” aqui em São Paulo, e se estende até dia 01 de Abril.

 Este festival é o principal evento dedicado exclusivamente à cultura do documentário na América do Sul. Criado em 1996 pelo crítico Amir Labaki, o festival tem exibido anualmente cerca de uma centena de obras não-ficcionais brasileiras e internacionais, entre lançamentos e clássicos, simultaneamente em São Paulo e no Rio de Janeiro. 

Todas as exibições são gratuitas.

A sessão de abertura deste ano será o filme “Tropicália” de Marcelo Machado, que será exibido no CCBB nos dias 24 e 30/03 as 17h e as 17h30 respectivamente.

Sinopse: Liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil, no final dos anos 60, o movimento tropicalista teve seu apogeu na efervescente cena musical polarizada pelos festivais da televisão na época, reveladores dos novos talentos que confrontavam tanto os padrões culturais quanto o cenário repressivo de uma ditadura militar recém-instalada. Misturando a música popular e regional brasileira com a batida do rock internacional, a Tropicália alinhava-se com manifestações simultâneas em outras artes, como o Cinema Novo de Glauber Rocha, as montagens iconoclastas do Teatro Oficina e os parangolés do artista plástico Hélio Oiticica. A curta e intensa história do movimento, sufocado pela prisão e exílio de seus principais nomes, emerge das imagens e testemunhos aqui registrados.

As salas que fazem parte da programação são:

Acesse aqui a programação completa

Mas a indicação de hoje é o documentário “Cartas Para Angola” de Coraci Ruiz e Julio Matos.

No filme, pessoas separadas por um oceano trocam correspondências que circulam entre Brasil, Angola e Portugal, três países que falam a mesma língua e compartilham um passado comum. Por meio de cartas, os personagens — alguns são amigos de longa data, outros que nunca se viram — contam sobre fluxos de migração, saudade, pertencimento, guerra, preconceitos, exílio e distâncias.

O filme será exibido no CCBB (24/03 às 20h30) e na Cinemateca (25/03 às 18h)

Veja o trailer e não perca a exibição !!! Eu estarei por lá……….

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: