Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \30\UTC 2012

😀
Ta em choque?
vito!

Anúncios

Read Full Post »

Terminei hoje um artigo onde faço uma relação entre o filme Trainspotting de Danny Boyle e as idéias de ritualização e sacralização de Luigi Zoja descritas em seu livro Nascer Não Basta.

Eu gostei muito do resultado, e mais do que isso, alargou minhas percepções quanto ao uso de drogas enquanto me fez refletir sobre outras formas de ritualização sacra.

Segue a introdução do artigo e caso queiram fazer a leitura na íntegra, baixe o arquivo aqui.

Mark Rent

Trainspotting é um livro escrito por Irvine Welsh publicado em 1993, que também virou filme em 1996 e foi dirigido por Danny Boyle. O título do livro/filme se refere a uma gíria escocesa que remete a algo sem sentido, algo que é aparentemente uma perda de tempo. É uma metáfora para a alienação psicológica e o descontentamento sentido pelos personagens.

O filme focaliza um dos problemas mais sérios da sociedade escocesa que é o consumo de drogas e retrata o cotidiano de personagens que habitam o lado pobre de Edimburgo. Esses personagens, no entanto parecem querer se livrar do tédio da vida, fugir de uma realidade, escolhendo ou arrastados, em uma busca inconsciente por uma ritualização/ sacralização, porém, uma das grandes diferenças entre o mundo primitivo e o mundo moderno está justamente no desaparecimento de rituais de iniciação.

Segundo Zoja, são as religiões que, através das suas doutrinas (regras), abrem as portas para um universo oculto que está além das palavras, dos sentidos, da realidade sensível. Em todas elas encontram-se rituais de passagem ou de iniciação para orientar o desenvolvimento. São rituais de iniciação, o batismo, a confirmação, o casamento, os rituais da puberdade.

Esses rituais regem e favorecem as transformações psíquicas que acompanham o desenvolvimento humano. Sem eles, essas passagens tornam-se problemáticas, podendo resultar num grande prejuízo para a vida. Pode-se dizer que esses rituais regulam as transformações energéticas individuais e coletivas.

É através deste tema que analisarei o filme, fazendo uma relação entre o ato de consumir drogas com uma forma inconsciente de buscar a transcendência (transformação psíquica através de um ritual).

Aqui é possível assistir o filme completo….

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

 

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Por enquanto só deixo a sinopse do livro, mas pegarei o meu exemplar na quinta-feira (24/05/12) e tão logo eu finalizar a leitura, trago minhas impressões. Mas adianto que minha intuição afirma que este livro é incrível !!!

Sinopse:

Este livro dá seqüencia ao “História da Beleza”.
Aparentemente beleza e feiúra são conceitos com implicações mútuas, e, em geral, entende-se feiúra como oposto da beleza, tanto que bastaria definir a primeira para saber o que seria a outra. No entanto, as várias manifestações do feio através dos séculos são mais ricas e imprevisíveis do que se pensa habitualmente.
E, assim, tanto os textos antológicos quanto as extraordinárias ilustrações deste livro nos fazem percorrer um surpreendente itinerário entre pesadelos, terrores e amores de quase três mil anos, em que movimentos de repúdio seguem lado a lado com tocantes gestos de compaixão e rejeição da deformidade se faz acompanhar de êxtases decadentes com as mais sedutoras violações de qualquer cânone clássico. Entre demônios, loucos, inimigos horrendos e presenças pertubantes, entre abismos medonhos e deformidades que esfloram o sublime, entre freaks e mortos vivos, descobre-se um veia iconográfica vastíssima e muitas vezes insuspeitada.
 
 
Tá em Choque?
GABI!

Read Full Post »

Vejam a apresentação que eu preparei para o lançamento do Alto Verão 2013 Kalimo, que aconteceu no dia 15/05.

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Saiu a lista dos locais onde estarão expostos os orelhões.

O meu estará na Av. Paulista, 2073. Em frente ao Conjunto Nacional.

A exposição ocorrerá do dia 20/05 ao dia 24/06.

EBA!!!

Está na rede:

Arquitetando Moda

Circulado

Blog La Estampa

Hiperoginal

Hypeness

Fotojornalismo São Paulo

Hoje Não Tem Grife

Callparade

Lafloor.es

Design para Usar

Jornal da Paraíba

Kalimo

Juxtapoz Magazine

Solo Sedie

Elza Cohen

 

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

 

Giselle Beiguelman é midiartista e professora da FAU-USP. É também editora da revista seLecT e, junto com Jorge La Ferla, autora de Nomadismos Tecnológicos (Editora Senac, 2011). Foi professora de pós-graduação em Comunicação e Semiótica na PUC-SP (2001 a 2010), curadora do Nokia Trends (2007 e 2008) e Diretora Artística do Instituto Sergio Motta (2008-2010). Tem várias obras premiadas, como O Livro depois do Livro (1999) e Fast/Slow_Scapes (2007).

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: