Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \30\UTC 2012

Tá em Choque?

GABI!

Anúncios

Read Full Post »

Eu gosto de ouvir música onde a voz pertence a um mulher !!!

Ainda mais quando essa mulher não faz um papel de “meiguinha, bonitinha”, sabe?

Talvez por isso, assim que fui apresentada a Sharon Jones, já gostei logo de cara…..

Estou ouvindo ela constantemente e a apresento à quem ainda não a conhece…..

Sharon Jones é vocalista da banda “Sharon Jones & The Dap-Kings” banda esta que procura recapturar a sensação da música soul e funk dos anos 60 e começo dos anos 70…..

Já estiveram em São Paulo no ano passado e fizeram show no auditório e ao ar livre no Parque do Ibirapuera…..

Deixo como parte da apresentação a  música “Mama Don’t Like My Man”, abaixo:

Tá em Choque?

GABI!

 

Read Full Post »

Por acaso, mergulhando nos mares da internet, topei com o sarcasmo de Bruno Maron, criador do blog Dinâmica de Bruto.

No blog há quadrinhos onde o alvo das piadas, por ironia, são “franguinhos de apartamento que mexem na internet”.

Em entrevista a Revista Galileu ele explica: “Tudo o que faço tem um pouco de autocrítica. Me identifico com esse pessoal que cresceu como franguinho de apartamento mexendo na internet, achando que teve educação maravilhosa, mas na verdade não sabe nada. Eu sou o cara das tirinhas que está no sofá pensando em pornografia e achando que sabe tudo sobre o mundo.”

A verdade é que não sei muito sobre o trabalho de Maron, mas o pouco que tive contato, foi o suficiente para criar este post. 

Se quiserem saber um pouco mais, encontrei um vídeo no Saraiva Conteúdo….Segue abaixo

Tá em Choque?
GABI!

Read Full Post »

Depois de um semestre cheio de autores que gastaram muito a minha cabeça…..

Autores que me fizeram ler e reler algumas coisas, pois eram assuntos e pensamentos novos para mim….

Dentre eles: Greimàs, Bystrina, Dietmar Kamper, Edgar Morin, Muniz Sodré, Luigi Zoya, Paul Virilio, Mircea Eliade, Wizinga, Amit Goswani, Umberto Eco, Baudrillard, Siegel, Trivinho, e alguns outros….

Meu cérebro deve estar um pouco maior até, pois mais desenvolvido com certeza………

Ah, agora posso me deleitar num romance água com açúcar, posso viajar nas histórias………é disso que preciso….viajar em histórias, pensar pouco, preciso de coisas que estão prontas onde preciso somente formar a imagem, a cena em minha cabeça……..

Preciso disso, contos curtos que me fazem viajar pelos mares da imaginação, pois o que li nesse início de ano me fizeram viajar por lugares sérios, lugares onde os pensamentos estavam somente pensando, sem sorrisos, sem erros, com roupas escuras e com uma governanta com roupa marrom de olho em todos os meus gestos…..

E então, hoje antes de sair de casa, dei uma olhada em minha estante de livros e elegi um para me acompanhar por esses dias……..

Secreções, Excreções e Dasatinos de Rubem Alves

É um livro com 15 contos……..

Gosto da forma como escreve, seus desfechos inesperados, a indiferença do narrador e o que une os contos são hábitos escatológicos dos personagens.

São histórias prontas que criam cenas fora do comum para a grande maioria das pessoas….

E pra mim, lógico…….. Um cara que prevê o futuro pela leitura das fezes, uma mulher com menstruação sem regras, um quarentão obcecado por sêmen, um jovem traído que chupa o sangue do inimigo são alguns dos personagens ………

Não sei se Rubem Fonseca estava apenas tirando um sarro quando escreveu o livro, apenas brincando, ou se pretendia fazer realmente do assunto uma coisa séria. O que vem à minha cabeça é que vivemos procurando pela beleza estética e filosófica, e sempre externa, e mesmo quando interna é aquela beleza de bondade e ternura, sem lembrar que há muito mais do que ternura dentro de nós. Há gases, flatulências, líquidos viscosos, transpirações, suores, odores, texturas esquisitas, e botamos tudo para fora uma hora ou outra.

Ah se botamos !!!!

Porque nossas secreções e excreções acabam se tornando desatinos?

“É preciso que os artistas desexcomunguem o corpo, investiguem as secretas e obscuras relações entre corpo e mente, esmiúcem o funcionamento do animal em todas as suas interações” (Rubem Fonseca)

Eu indico, pois acho que vale a pena conhecer e criar essas cenas escatológicas que são tão difíceis pensar, por falta de hábito mesmo !!!

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Caramba, meu aniversário está chegando e já vou completar 31 anos !!!

Nossa, 31….. Meu Deus !!!

Não poderia ser 31 viagens inesquecíveis? Ou 31 amigos-irmãos? Ou 31 filhos? Ou melhor, 31 avós? 31 livros de própria autoria?

Parece menos maior, soa melhor aos ouvidos e  remete a coisas boas, agradáveis, que trazem bem estar……..

Ah, se eu ja tivesse feito 31 viagens inesquecíveis, ou se possuísse 31 amigos que “estariam aqui” antes mesmo de dizer que preciso deles, ou 31 filhos……….nossa, isso eu iria adorar…..imagine !!!

É bom imaginar isso, imagine eu com 31 velhinhas? Numa sala, assistindo novela, numa sala com cheiro de limpeza………….ah, que aprazível….

Ou 31 livros………se fosse assim, esperaria sem inferno astral todos os próximos aniversários………..

Agora quando penso em anos, lá vem a cabeça a média de vida de 90 anos. Ou seja, logo vem a idéia de que só me restam 2/3 de vida.

E pensar que quando tinha 14 anos, eu queria muito ter 17…..e agora já tenho quase o dobro….

Antes, quando pensava em como seria aos 31 anos, imaginava outras coisas. Mas a vida me levou para lugares que não são exatamente o que sempre quis…..

Claro, que algumas coisas que eu sou e possuo são mais do que já havia pensado, mas também tem aquelas coisas que já deveriam estar comigo, mas que ainda nem tenho planos

Isso me dá uma certa angústia……E ás vezes, para me sentir um pouco mais aliviada, penso assim:

* Tenho 31 anos, mas minha vida começou a ser entendida acho que uns 17/18 anos……..então pensando dessa forma, posso aceitar que até agora vivi 13 anos………bom, melhorou…….

* E aí voltando a média de vida de 90 anos – 31 anos = 59 anos que tenho pela frente, dividido por 13 (que são os anos que vivi “consciente”) = 4,5.

* E aí que vem a parte boa de pensar: ” se eu ja vivi bastante nesses 13 anos, tenho tempo para viver isso mais 4,5 vezes”

Mas todo cuidado é pouco, pois logo me lembro do clichê do copo meio cheio ou meio vazio……se eu achar que eu vivi coisas boas até agora, posso pensar: “Eba, tenho mais 4,5 vezes para viver isso e muito mais !!!”, mas se estiver num momento depressão é fácil pensar: “Que saco, ainda tenho 4,5 vezes para ficar aqui, óh céus, óh vida”.

Será que quando eu tiver um filho, vou deixar de contar meus anos e contar os anos dele?

Acho que seria uma boa, afinal com o primeiro filho nasce uma mãe:

Se eu tiver um filho com 32, aos 37 anos poderei dizer assim:

– Tenho 32 anos e 5 do meu filho.

Aos 42 direi:

– tenho 32 anos e 10 do meu filho.

De qualquer forma, com a chegada do aniversário, ao menos pra mim, acontece automaticamente um balanço do ano que se foi e a esperança se renova, ainda bem, porque falta tanto para eu alcançar, e buscar……..

Talvez seja essa a função do aniversário, encerrar um ciclo para iniciar outro…

Novas forças, vontade de alcançar objetivos, sensação de início de metas da segunda-feira……

Então uno uma coisa que posso e uma que não posso mudar: 1- não gosto de ficar parada, 2- não tenho escolha, preciso ir…..

Então:

Vou!!!!….afinal ainda tenho 4,5 vezes de vida do que já vivi!!!!

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Acabei de finalizar a apresentação de Outono Inverno 2013 da Kalimo.

Assistam e fiquem por dentro das próximas tendências……

 

 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: