Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Música’ Category

Esses dias surgiu um trabalho para eu criar uma capa para o CD do Zang.

Zang, rapper, que atualmente mora em Guarulhos lançará seu novo álbum “Di Rolê” neste ano.

No site do rapper é possível assistir a clipes, bem como ouvir  músicas e conhecer um pouco mais desse poeta das ruas…

Acesse

 

Zang "Di Rolê"

Zang “Di Rolê”

Tá em Choque?

GABI!

Anúncios

Read Full Post »

Méliès

Eu gosto de música brasileira, mas muitas vezes está uma em cada lugar.

Uma de cada cantor, de cada ano, de cada estado…..

Então resolvi juntar tudo em um único CD, assim não preciso ouvir um CD inteiro para ouvir apenas uma música.

Tenho preguiça de ficar trocando e procurando uma música aqui e outra acolá e além disso, tem música que eu gosto e que as vezes esqueço.

Enfim, o fato é que fiz um apanhado em alguns CDs que tenho e fui garimpando as melhores na minha opinião e coloquei todos numa “coletânea” de 60 músicas.

São cantores, bandas, intérpretes, grupos que gosto. Tem músicas instrumentais e cantadas.

Tem Novos Baianos, Gal Costa, Junio Barreto, Orquestra Contemporâne de Olinda, Hermeto Pascoal, Axial, Nicolas Krassik….

Se quiser baixar este presente, está aqui

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Eu gosto de ouvir música onde a voz pertence a um mulher !!!

Ainda mais quando essa mulher não faz um papel de “meiguinha, bonitinha”, sabe?

Talvez por isso, assim que fui apresentada a Sharon Jones, já gostei logo de cara…..

Estou ouvindo ela constantemente e a apresento à quem ainda não a conhece…..

Sharon Jones é vocalista da banda “Sharon Jones & The Dap-Kings” banda esta que procura recapturar a sensação da música soul e funk dos anos 60 e começo dos anos 70…..

Já estiveram em São Paulo no ano passado e fizeram show no auditório e ao ar livre no Parque do Ibirapuera…..

Deixo como parte da apresentação a  música “Mama Don’t Like My Man”, abaixo:

Tá em Choque?

GABI!

 

Read Full Post »

Este final de semana vai ter um show daqueles no Auditório Ibirapuera….

Mesmo eu “estando de mal” do Auditório, não poderia deixar de divulgar esse show….

Há pouco tempo assisti há dois shows com participação do Proveta (e ele é incrível), um com Zimbo Trio e outro era uma homenagem a João Gilberto, com Renato Braz e Edson José Alves.

E este show não quero perder, é muito bom ver e ouvir Proveta tocando seus instrumentos de sopro. Agora imagino toda essa coisa boa tocando junto com a Orquestra Jazz Sinfônica.

Com certeza sairei desse show revigorada…….deve ser uma verdadeira sessão de musicoterapia !!!

 

  • Dia:

              20 e 21 de abril

  • Horários:

    Sexta e sábado, 21h

  • Duração:

    90 min (aproximadamente)

  • Ingressos:

    R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada)

  • Classificação Indicativa:

    Livre para todos os públicos

 

Tá em Choque?

GABI!

 

Read Full Post »

De uns tempos para cá, passei a prestar atenção e me dedicar a pesquisar e estudar a comunicação nas novas mídias….

Já escrevi textos sobre a Reciclagem Cultural, a Era do Exibicionismo, a Mercantilização da Cultura….

E aí, nesta semana, na aula de Processos Comunicativos, minha professora Daniela Osvald, nos apresentou KUTIMAN

Seu projeto esbarra em algumas questões da era digital que eu gosto de refletir: compartilhamento de informação, criação coletiva, troca de arquivos de áudio e vídeo, direito autoral,  revolução das ferramentas………..e também levanta a questão de que não se precisa de produção, maquiagem, figurino, luz, etc…. para se fazer vídeos. Ou precisa? Depende qual é o resultado esperado……

E neste vídeo que está a seguir, tem até uma caixa registradora no meio do vídeo, que pode ter várias leituras……

Kutiman  faz vídeos musicais (clipes?) onde utiliza como materia-prima vídeos caseiros de quaisquer pessoas, postados no youtube.

Kutiman pode ser caracterizado com uma miscelânea de advérbios das novas mídias: mashup, remix, reciclagem, sampler, curador digital…..

“Ele utiliza o youtube como base de dados, e transforma um sintagma em paradigmas, que após editar da forma que decidir, volta a ser sintagma…….” (Essa frase foi só pra testar e saber se eu aprendi os conceitos da última aula!!!)

Pesquisando na rede, ele tem 30 anos, é músico, compositor, produtor e  animador de Israel. Ele é conhecido pela criação do projeto ThruYOU (Quando entra no site do projeto parece que o site está com algum problema…….eu gostei !!!).

E esta imagem abaixo é a capa do primeiro álbum de Kutiman de 2007 (não sei se ele fez outros)

 No início de 2010, Kutiman editou o clip de Maroon 5 com imagens de cada membro da banda tocando sozinho, intitulado “Kutiman Mixes Maroon 5”

Rapidamente e superficiamente o que é esse projeto e um pouco mais de Kutiman:

Em 2009, Kutiman lançou esse projeto, que seriam vídeos de música editados a partir de vídeos do Youtube, que receberam mais de 10 milhões de visitas em 2 semanas. A Revista Time o considerou como uma das 50 melhores invenções de 2009.

Kutiman lançou outros vídeos também, mas mantendo o estilo ThruYOU:

My Favorite Color“: Com uma edição de som mais complexa e onírica.

ThruJerusalém“: Com filmagens do próprio Kutiman.

My Favorite Band“: Editado com vídeos de músicos que executam “Black Dog” de Led Zeppelin.

This Is Real Democracy“: Com foco político, editado com vídeos de pessoas que manifestam nas ruas, além de líderes mundiais

Minha pesquisa não se aprofundou muito, mas o que pude perceber é o quão genial é este artista…. Vale a pena um mergulho nesse mar de criatividade para saber mais e se inspirar, afinal com essa pesquisa superficial, a certeza de  ter perdido algumas idéias e conceitos de Kutiman é inevitável !!!!

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Ainda continuo numa fase de imersão em estudos e textos complexos……..

E para eu manter uma trilha sonora para os estudos continuo ouvindo músicas instrumentais. Dessa forma não desfoco a atenção das palavras para as letras (das músicas).

E nesta semana, lhes apresento Brother Jack McDuff….

McDuff foi um maestro, organista e também arranjador.  McDuff começou como baixista tocando com Denny Zeitlin e Joe Farrell. Trabalhou com Johnny Griffin, em Chicago. Aprendeu sozinho órgão e piano em meados dos anos 50, e começou a ganhar atenção e trabalhar com Willis Jackson no final dos anos 50 e começo dos 60. McDuff fez sua primeira gravação como líder para a Prestige, em 1960, tocando em uma banda com Jimmy Forrest. Eles fizeram dois álbuns marcantes: “Tough Duff” e “The Honeydripper”. McDuff organizou sua própria banda no ano seguinte, com Harold Vick eo baterista Joe Dukes. A banda decolou quando McDuff contratou um jovem guitarrista chamado George Benson. Eles estavam entre as bandas mais populares de meados dos anos 60 e fez vários álbuns excelentes. Grupos posteriores de McDuff no Atlântico e Cadet não igualaram o nível da banda de Benson, embora mantenham a boa qualidade. Embora sua saúde tenha oscilado ao longo dos anos 90, McDuff lançou vários discos no selo Concord Jazz antes de sucumbir à insuficiência cardíaca em 23 de janeiro de 2001, com a idade de 74.

Este CD foi gravado em 2005, mas o LP é de 1972 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

E hoje de presente, um som instrumental dos bons…….

Como estou numa fase em que estou lendo e estudando alguns textos um tanto difíceis e que exigem concentração, estou preferindo ouvir músicas sem letras, assim mantenho uma trilha sonora para meus estudos e não me deixo distrair pelas letras.

Sem contar que a música instrumental me acalma, relaxa e me mantém numa paz incrível !!!!

Há pouco tempo ouvi álbum Aurora do Azymuth, gravado em 2011. E a partir de então ouço repetidas vezes durante esses dias mais introspectivos…..

Azymuth é um trio instrumental carioca formado no começo da década de 70 por José Roberto Betrami (teclado e percussão) Alex Malheiros (baixo e guitarra) e Ivan Conte (bateria e sintetizadores). Inserido numa bossa jazz samba fusion puramente instrumental na época em que a MPB era sinônimo de cantores, eles permaneceram às margens da popularidade na terra natal.  

No blog Ouveae chamam a música deles de “samba de gringo doido” que mistura percussão afro from hell, guitarra roqueira, baixo fusion e sintetizadores a la Herbie Hancock fase Headhunters.

Eu gosto e indico !!!

Tá em Choque?

GABI!

 

 

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: