Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘canvas’

Hoje vou falar do grande Rembrandt, alguns meses atrás não o conhecia, porém o meu professor fala muito e muito bem deste artista, então decidi investigá-lo e compartilhar suas obras com um vídeo muito bom, boas informações de cores, formas e inspirações  !

Rembrandt Harmenszoon Van Rijn foi um importante pintor e gravador holandês. É considerado um dos mais importantes pintores do barroco europeu. Nasceu em 15 de julho de 1606 na cidade de Leiden e faleceu em Amsterdam em 4 de outubro de 1669. Filho de uma família simples e com muitos irmãos Rembrandt estudou latim quando era criança. Nesta época, já demonstrava grande interesse pela pintura. Jovem, foi matriculado na Universidade de sua cidade natal (Leiden).  Foi aprendiz do pintor holandês Jacob van Swanenburgh e, pouco depois, abriu seu próprio estúdio de arte em sua cidade.  Em 1629, seu talento foi descoberto e conseguiu várias encomendas de pinturas para a corte de Hague.  Nas décadas de 1630 e 1640 seu nome ficou muito conhecido no cenário artístico holandês e europeu. Grande parte de suas obras famosas foi realizada neste período.

Estilo artístico de Rembrandt:
– Na primeira fase de sua vida artística (1625 – 1630), Rembrandt abordou temas religiosos e alegóricos. Nesta fase, o detalhismo fez muito presente em suas pinturas.
– Na primeira metade da década de 1630, Rembrandt abordou temas mitológicos, cenas da Bíblia e paisagens naturais. Suas obras neste período são marcadas pelo formato ampliado e contrate alto;
– Na década de 1640, o pintor passou a dar um tom mais sombrio às suas pinturas. O formato reduziu de tamanho.
– Na década de 1650, Rembrandt foi para um estilho mais detalhado e fino. Com cores fortes, retratou personagens bíblicos de forma individual.
– Nos últimos anos de sua vida, Rembrandt pintou autorretratos.

Principais obras de Rembrandt:
– Jeremias prevê a destruição de Jerusalém – 1630
– A Lição de Anatomia do Dr. Tulp – 1632
– A descida da cruz – 1633
– Ronda Noturna – 1642
– Aristóteles com o busto de Homero – 1650
– As Três Cruzes -1653
– O banho de Betsabé – 1654
– Autorretrato com pintura e pincéis – 1660

 

Tá em choque?
vito!

Read Full Post »

Em minhas novas aventuras no mundo encantado das artes descobri o hiper-realismo que está me deixando louco, tive o primeiro contato com essa estilo no Metropolitan Art Museum , ao ver as incriveis telas pintada pelo artista Chuck Close que me deixaram de boca aberta. Peço minhas sinseras desculpas pelas fotos em baixa resolução! Massss para compensar irei postar algumas fotos de Collin Bogle e Jacques Bodin, dois outros artistas do hiper-realismo.

chuck close

ta em choque ? Chuck Close

Hiper-realismo ou fotorrealismo é um estilo de pintura e escultura, que procura mostrar uma abrangência muito grande de detalhes, tornando a obra mais detalhada do que uma fotografia ou do que a própria realidade.
As obras hiper-realistas, por apresentarem uma exactidão de detalhes bastante minuciosa e impessoal, geram um efeito de irrealidade, formando o paradoxo: “É tão perfeito que não pode ser real”.
Teve início em 1968, expandindo-se no início dos anos 70, tendo grande popularidade em Inglaterra e nos Estados Unidos.
Os artistas dessa corrente artística utilizavam o recurso da ampliação fotográfica, derivada da Pop Art – movimento iniciado no EUA na década de 60 do século passado que tinha como alvo principal toda cultura de massa. O Hiper-realismo aliou essa técnica ao uso de uma meticulosa iluminação e de reflexos naturais e artificiais, que conferem uma qualidade visual fantástica a imagens cotidianas, tais como: lojas de alimento, automóveis e reflexos em fachadas de vidros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tá em choque?
vito!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: