Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘livros’

Livros

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

O que: Palestra “O Jazz Como Espetáculo”, com o jornalista e crítico musical Carlos Calado

Quando: 29 Novembro 2011 – 20h

Onde: Sesc Pinheiros

Quanto: Grátis

Idealizado por Carlos Calado, o evento apresenta a trajetória do gênero, dos rituais de origem africana aos happenings e performances contemporâneas.

A análise será ilustrada por filmes e  vídeos de ícones como Louis Armstrong, Duke Ellington, Bill Evans e John Coltrane.

“O Jazz Como Espetáculo” é também o título de um dos livros do jornalista, autor de “Comédia dos Mutantes” e “Tropicália: a História de uma Revolução Musical”.

Carlos Calado é também responsável pela edição de coleções de jazz publicadas pela Folha de S. Paulo.

Dica: vale a pena passear pelo site de Carlos Calado, há textos e videos bem interessantes sobre Jazz, samba, soul, choro, blues, bossa nova, salsa, instrumental, hip hop, R&B, funk e outras vertentes musicais, em dicas, resenhas, entrevistas e coberturas de festivais

http://www.carloscalado.com.br/

 

Tá em Choque?

GABI! 

Read Full Post »

A Universidade Estadual Paulista (UNESP), através da Cultura Acadêmica (um dos braços de sua editora principal), está disponibilizando 120 títulos acadêmicos em formato digital para download gratuito. Os livros estão divididos em 23 áreas do conhecimento e são voltados para estudantes de graduação e pós-graduação que precisam de material de apoio para desenvolver projetos acadêmicos.

Confira quais são os livros disponibilizados: 

Read Full Post »

Ciclo de Palestras

Lev Tolstói,  (1828 – 1910), um dos escritores russos de maior notoriedade na literatura universal, terá ciclo especial de palestras no Centro Cultural Banco do Brasil.

De 14 a 17 de setembro “O Legado de Lev Tolstói para o século XXI” recebe críticos de literatura, pesquisadores, escritores e o trineto do autor, Vladímir Ilítch Tolstói, para discutir a herança artística deixada por Tolstói em diferentes esferas, além da literária.

O autor de obras fundamentais da literatura russa, como “Anna Karenina” e “Guerra e Paz”, teve uma trajetória particular. Tolstói vivenciou períodos de reconhecimento e sucesso como escritor, de encontro com a religião, de defesa da educação como chave para a evolução humana e de reclusão no final da vida. Suas ideias pacifistas influenciaram diferentes nomes neste um século recém completados de sua morte, como Gandhi, Martin Luther King e John Lennon.

Onde: CCBB – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Data: 14 a 17 setembro

Horário: Quarta a sexta às 19h30 – Sábado ás 15h

Entrada gratuita, senhas a partir de uma hora antes do evento.

Livros de Terça

Pra quem não conhece Tolstói segue um trecho do livro “A Morte de Ivan Ilitch”.

Que fique claro, não sou crítica literária, somente apreciadora de literatura.

 

 

A maioria dos assuntos de conversa entre marido e mulher, sobretudo a educação dos filhos, levava a questões sobre as quais havia lembrança de dissensões, e a cada momento podiam deflagra-se brigas. Sobravam apenas uns raros períodos de paixão, que às vezes assaltavam os esposos, mas que duravam pouco. Eram ilhotas, às quais eles atracavam por algum tempo, mas depois novamente se lançavam ao mar da hostilidade oculta, que se manifestava no afastamento entre eles. Esse afastamento poderia magoar Ivan Ilitch, se ele não julgasse que tudo devia ser realmente assim, mas ele já considerava esta situação não só normal como também o objetivo da sua atuação na família. O seu objetivo consistia em livrar-se cada vez mais dessas contrariedades e dar-lhes um caráter de inocuidade e decência; e alcançava-o passando cada vez menos tempo com a família, e, quando não conseguia evitá-lo, procurava garantir a sua situação com a presença de pessoas estranhas. (…)”
(Tradução de Boris Schnaiderman. São Paulo : Ed. 34, 2006, p. 26)
 
A amargura deste relato, a distância e a solidão permeiam toda a vida de Ivan Ilitch. Tudo isto se desenvolve com amigos de aparência e culmina com uma doença que o levará à morte.
Pode-se  dizer até, que espiritualmente Ivan Ilitch já morreu. Antes que a vida deixasse seu corpo, já era um morto, entregue e abandonado, sem forças para lutar e reencontrar a alegria. Encontra uma companhia sincera em um de seus criados, que o acompanha nas noites e no sofrimento. Alguém que o ouve, que lhe tenta amenizar o sofrimento. Os outros “amigos” não tem mais interesse em conviver com Ivan Ilitch. E ao saberem de sua morte, começam a confabular sobre qual deles irá assumir o cargo público de Ivan Ilitch.
Tolstói traça uma realidade sombria, onde não há espaço para amizade sincera, para um amor vibrante, e sim somente interesses e egoísmo.
 
Tá em Choque?
GABI!
 
 
 

Read Full Post »

Perdida na Vila Madalena, procurando um boteco que eu pudesse comprar uma cerveja e usar o banheirinho, chego na Rua Rodésia, 34. Mais que um boteco! Cerveja de garrafa na mesa, ou no balcão, banheiro limpo, pessoas simpáticas, garçons educadíssimos. Também, livros raríssimos, dvds pra alugar, azeite, sabão em pó e aquele miojo pra hora do aperto. Tem de tudo lá na Mercearia São Pedro! Tinha até uma exposição de fotos penduradas no barbante! Adorei o lugar, a decoração “natural”, pessoas de todas as idades e de todos os lugares, tinha carioca, argentino, gaúcho… Dá pra ir até de metrô, a estação Vila Madalena é ali do lado.
Recomendo! Volto lá logo menos!
Se quiser saber um pouco mais da história, o lugar existe desde 1968, tem uma resenha muito boa nesse site.

Mercearia São Pedro
R. Rodésia, 34 – Sumarezinho – Oeste. Telefone: 3815-7200.
Segunda a sábado: 9h à 1h  e  Domingo: 11h às 18h.

Tá em choque?
CLAU!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: