Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘oficinas’

ilustração de marcita para o stand da Kalimo

Tentarei escrever toda semana o “Tô em choque com tanto talento!”, comentando sobre pessoas que conheço que deveriam ser conhecidas por todos! Começarei com uma pessoa que conheci a alguns anos num curso de Ilustração do IED, a Marcita, como me foi apresentada. Chegou lá com seu sorrisão na cara, seu jeitinho paulista, sua tatoo de coração, dizendo que só sabia desenhar homem-palito! Grande mentira, pq pude ver seu talento logo nas primeiras ilustrações e amei. A partir daí venho acompanhando seu trabalho que é cheio de cores, com um traço único tremidinho algumas vezes e tudo muito divertido. Como freelancer ou ministrando nas oficinas do Sesc espero que Marcita continue deixando sua marca por aí afora e que todos possam ver. Segue um pouquinho mais de Marcita abaixo e se vcs acham q ela aprendeu tudo isso no curso…. não! O talento já existia muito antes!

Tá em choque: Vc se lembra qdo começou a desenhar?
Marcita: Eu desenho desde pequena, como qualquer outra criança. Lembro de ter tido interesse em aprender proporção humana fazendo um curso de mangá. Aí eu pegava alguns rentais leves, de amigos, e redesenhava vestidas, ia inventando as roupas… Sempre fiz desenho livre. Nunca tive saco pra curso… e não considero que eu saiba desenhar…

TEC: Qual foi seu primeiro desenho?
Marcita:
Puxa, eu fazia pequenos desenhos para ilustrar os flyers dos fanzines que eu fazia na adolescência. Lembro de brincar de desenhar. Eu chamava de brincar… E lembro quando eu achei que tivesse inventado uma técnica de textura. Eu era pequena e pintei em uma folha por cima do pano de prato da minha mãe. Ganhou textura e eu achei o máximo, que tinha inventado!

TEC: Prefere motion ou estático?
Marcita:
Eu gosto dos dois. O estático me faz pensar em movimento, como não gostar disso?

TEC: Um trabalho que amou fazer…
Marcita:
Puxa, acho que todo trabalho que publico no meu portfólio eu gosto exatamente por causa do processo de liberdade de criação. Eu gosto da liberdade, do frio da barriga que dá pensar se aquilo é belo, se diz algo… Eu gosto de trabalhos coloridos, que tenham imperfeições. Tanto dos meus quanto a dos que vejo como referência.

TEC: Um que odiou…
Marcita:
Os trabalhos quadrados, que eu preciso usar gradiente. Eu confesso, eu o-d-e-i-o usar gradiente. Gosto muito de 2D, quando preciso iluminar algo, morro.

TEC: Um trabalho q queria ter feito…
Marcita:
Caramba, vários! Sou uma invejosa de vários talentos! Eu queria ter feito os trabalhos do Michel Gondry, por exemplo. Piro no trabalho da ilustradora Linn Olofsdotter. Sou fã confessa do Bosch… Ou seja, é muita gente talentosa que eu queria um pouquinho de tudo hehe

TEC: Uma música pra desenhar…
Marcita:
Instrumental, com certeza. The Album Leaf e American Analog Set são boas pedidas nesse quesito ♥

TEC: Suas inspirações…
Marcita:
Vem de todos os lados: da música, do underground, das leituras diárias, dos artistas que eu gosto, do estado de espírito…

TEC: Um lugar em Sampa…
Marcita:
Uhhh… A Paulista anoitecendo, o centro de São Paulo em um dia frio com garoa…

TEC: Um lugar fora de Sampa.
Marcita:
A Bahia! ♥♥♥ Particularmente, a Chapada Diamantina.

TEC: Uma expo inesquecível.
Marcita:
Os Gêmeos na Faap. Foi a exposição mais linda que eu já vi. Não havia um pedacinho sequer, centímetros, que eles não tivessem ocupado. Interativa… Gente, eu tive vontade de dormir lá dentro.

TEC: Um sonho a longo prazo?
Marcita:
São muitos, todos pipocando, querendo ser já, mas eu sei que são a longo prazo. Com certeza é continuar aprendendo cada vez mais e viajar, sempre que houver tempo e dindim.

TEC: Uma pessoa que admira.
Marcita:
Michel Gondry e Wong Kar Wai. Um pela criatividade, outro pela sensibilidade. Sendo que os dois tem tudo isso aí e um pouco mais.

TEC: No que está trabalhando agora.
Marcita:
Geralmente eu estou sempre fazendo algo. Estou no período entressafra, digamos assim.

TEC: O que fará no tempo livre?
Marcita:
Procuro estar com os amigos, indo a cinema, exposições, teatro… ao boteco jogar conversa fora. Eu leio, procrastino na internet. Aliás, meu nome é Márcia, podem me chamar de Marcita. Meu sobrenome? Procrastinação, tsc-tsc

TEC: Qual sua próxima viagem?
Marcita:
Tá chegando o ano novo, e como em todo ano novo, criei uma tradição pessoal, é passar a noite de reveillon em qualquer cidadezinha interiorana próximas a cachoeiras : )  Clau, obrigada pela entrevista divertida. Desculpa, mais uma vez a demora. Espero que o blog bombe pq a ideia é muito, muito, muito bacana. Eu acho o máximo. É como um fanzine online sobre ilustração. Demais!
Beijocas estaladas!!!

TEC: Tb me desculpe a demora! Nós que agradecemos que pudemos ilustrar o blog com seu talento! Estará aqui sempre que tiver novidades, no caso, sempre!
Mais sobre Marcita aqui.

Tá em Choque?
CLAU!

Primeira ilustração que vi da Marcita

Isso que ela faz no tempo livre! 😉

Anúncios

Read Full Post »

O programa musical do Instituto Itaú Cultural, Estéreo Saci, ganha uma nova roupagem nesse mês de junho. O que era só uma apresentação de web rádio tornou-se um projeto que, além de música, discute temas contemporâneos que, de alguma forma, retrata a sociedade.

Entre 7 e 26 de junho, o Estéreo Saci realizará shows, debates, palestras, oficinas e exibições de filmes sob a temática “Lixo, Moda e Preconceito”. Esses assuntos serão tratados sob a ótica de artistas, músicos e pensadores.

A nova série de programas do Estéreo Saci entra ao ar, na rádio web do Instituto, dia 22 de junho. O programa terá realização de Jum Nakao (estilista), Gaspar (Z’África Brasil), Débora Pill (jornalista) e apresentação do ator Francisco Miguez.

Programação

Dia 7

 

Abertura

20h
Apresentação do Homem Refluxo, show do Mutrib e première dos 6 vídeos  inspirados em Lixo, Moda & Preconceito.

Shows

 

Dia 9

Daspre
17h
Com Lúcia Casali

Show Letuce

20h
Participação especial da Daspre

Dia 10

Show Iara Rennó
20h
Participação especial da Daspre

Dia 11

Show Pitanga em Pé de Amora
20h
Participação especial da Daspre

Dia 12

Show de Arrigo Barnabé
20h
Caixa de Ódio, o Universo de Lupcínio Rodrigues, com Paulo Braga e Sérgio Espíndola, e participação especial da Daspre em desfile

Dia 16

Show de Marcelo Jeneci
20h

Dia 17

Show de Kiko Dinucci, Rômulo Fróes e Rodrigo Campos
20h

Dia 18

Show de Superguidis

20h

Dia 19

Show de Zé Mulato & Cassiano
20h

Dia 22

Show de Miranda Kassin & André Frateschi
20h

Dia 23

Show de Linha Dura
20h
Com participação especial de Rappin Hood, Família Gângsters e Arcanjo Ras

Dia 24

Show de Memórias de um Caramujo
20h

Dias 25 e 26

Show de Tony Tornado

20h

Oficinas

 

Dia 14

Oficina Sarau Rap Especial
20h
Com Sérgio Vaz.
Inscrições a partir de 1º de junho, pelo telefone 11. 2168-1779
70 vagas
Classificação: a partir de 16 anos

Dia 15

Oficina Funk para Educadores
17h
Com Écio Salles e MC Leonardo
Inscrições a partir de 1º de junho, pelo telefone 11. 2168-1779
70 vagas
Classificação: a partir de 16 anos

Palestras e debates

 

Dia 8

Mesa Reciclar pensamentos, tecnologias e costumes
20h
Com Reinaldo Pamponet e Homem Refluxo

Dia 15

Debate Lixo, moda e preconceito: o que aponta o futuro dos homens e das florestas?
20h
Com Ignácio de Loyola Brandão e Marcos Barbosa

Dia 21

Palestra Pra onde vai o seu Lixo?
17h
Com Alexandre Ferrari

Debate Decodificar, alterar, desconstruir e reconstruir
20h
Com Jum Nakao, Anderson Quack e Nina Lemos

Programação externa 

Dias 8, 15 e 21

Programação externa – visita ao aterro sanitário de Caieiras

9h
As inscrições a partir de 1º de junho, pelo telefone 11. 2168-1779.
10 vagas por visita
Classificação: 16 anos

Fonte: Catraca Livre

Tá em choque?
vito!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: