Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘sesc belenzinho’

Ontem, dia 03/11 fui convidada para a estréia de Cartas a Génica, no Sesc Belenzinho.

 

Cheguei sem expectativas e me surpreendi ao ler o programa, pois a atriz em cena (Carole Bouquet), dizia o programa, era nada mais nada menos do que uma das mais requisitadas atrizes do cinema europeu, estreiou no cinema em um filme do grande Buñuel e ficou consagrada popularmente como a bond girl de “007 Somente para Seus Olhos (1981)”. 

Continuei lendo com muita disposição o programa todo, pois muito me interessou…. Ah, o amor………..era essa a inspiração maior das cartas enviadas a Génica, por Antonin Artaud.

Eu sou movida pelo amor, e “sem amor eu nada seria”…………

Início da peça e entra pelo palco a atriz, linda………e como já era de se esperar………leitura e interpretação em francês………..com legenda

Foi tudo tão poético……..ouvir em francês cartas de Antonin Artaud á romena Génica Athanasiou, por quem foi apaixonado.

Je t’aime,  Mon amour, Ma cherie……..eu gosto muito da língua francesa………

Não é preguiça de escrever, mas no programa estava tudo tão bem escrito, que resolvi transcrever este trecho:

Escrever é flertar com a eternidade. É razoáel também supor que nem tudo que se escreve resiste ao tempo e ao envelhecimento natural de todas as coisas, escritas ou pensadas. Há quem diga que ninguém mais escreve cartas. O ritmo e os rituais que envolvem uma relação de trocas por cartas parace démodé; afinal, não há tempo a perder e um símbolo dos dias atuais é a efemeridade. Talvez, o temor inconfessável camuflado por esta recusa, ao que não é superficial e transitório, seja o medo de ficar a sós com seus fantasmas interiores e arriscar desnudar-se de suas máscaras sociais.

Pode parecer loucura nos dias de hoje – em que se parece estar sempre conectado a alguémou alguns – entregar-se aos deaneios da solidão. Há textos encantadoramente ridículos. Tem de ser assim, como filosofava Fernando Pessoa, porque são estes que promovem uma leitura transparente da alma humana. Registrar em palavras, idéias, pensamentos, sofrimentos e inquietações ainda parece o mais natural e democrático exercício da liberdade de expressão, pois independe de autorizações externas ou materiais complexos. Faz-se e ponto.

Precisa dizer algo mais?

Assista essa peça e saia mais apaixonado, mais reflexivo, mais inspirado e mais compreensivo com a vida e com o amor.

Se não puder, pesquise as cartas, os textos, saiba mais sobre Antonin Artaud.

Artaud se dedicou a descrever a dor aguda interna que sentia, o “colapso central da alma”, a “erosão do pensamento, ao mesmo tempo essencial e indescritível”. Sua escrita é catártica. nela se redobrou esforços para traduzir em palavras o indizível e enfrentar seus limites, utilizando ao mesmo tempo uma precisão lexical rara sobre o sofrimento humano.

 

Quando: 3 a 6 de Novembro

Quinta a sábado, às 21h; Domingo, às 18h.

Quanto: R$ 32,00 [inteira]

R$ 16,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]

R$ 8,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

Onde: Sesc Belenzinho

 Tá em Choque?

GABI!

Anúncios

Read Full Post »

Slow Movie – Experiência de Cinema ao Ar Livre, Música e Arte – Parque Burle Max 

Que tal aproveitar o sábado em um parque, participar de um grande piquenique (com direito a açaí, pipoca e chá mate gelado distribuídos pela organização e cangas com estampas da Kalimo para forrar a grama) e  depois assistir a um filme em uma tela de cinema ao ar livre. Além disso, poder assistir aos seguintes shows musicais: Dan Nakagawa (músico que já se apresentou ao lado de Nando Reis e Jorge Mautner); Joana Flor (cantora carioca que fez show no primeiro SlowMovie); e a DJ Márcia Bisker para tomar conta do som.

Tudo isso grátis…….

São Paulo recebe no dia 29.10 (sábado) a segunda edição do SlowMovie, projeto de Tatiana Weberman, à frente da agência Frida Trends em parceria com a BlueCanario Films, que tem como objetivo desacelerar o ritmo.

O movimento Slow (em tradução livre, lento) é um movimento mundial, que começou na Itália e busca uma desaceleração, busca mais contato com a natureza, estimula as pessoas a se preocuparem com sua alimentação e saúde

A primeira edição do projeto aconteceu em maio deste ano e reuniu cerca de 800 pessoas na Praça do Pôr-do-Sol, na Vila Madalena, em São Paulo. A sessão de cinema ao ar livre estreou com o clássico dos anos 80 “E.T., o Extraterrestre”.

Para este evento, no Parque Burle Marx, o filme em cartaz será “Cinema Paradiso” (1988), do diretor italiano Giuseppe Tornatore.

A programação lúdica do SlowMovie vem alinhada a um discurso de sustentabilidade. O projeto Ecoparade disponibilizará quatro ecobases assinados pelos artistas Marcio Moreno, Prozac, Rafael Highraff e pelo Coletivo Recicla Flores. Os resíduos coletados passarão por um processo de análise para identificar o que o público está consumindo.

29.10 (16h abertura com programação musical e exibição do filme às 19h30)
Parque Burle Max – Avenida Dona Helena Pereira de Morais, 200 – Campo Limpo/Morumbi, São Paulo
Entrada Gratuita

Bolo delícia e simples para fazer em casa

Bolo de Lavanda

INGREDIENTES

massa

  • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar (240g)
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo (220g)
  • 1 colher (sopa) rasada de sementes de flores de lavanda desidratadas (2g)
  • 4 claras, em neve (cerca de 160g)
  • 1 e ¼ xícara (chá) de manteiga (225g)
  • 1 colher (sopa) rasada de fermento em pó (10g)
  • 4 gemas (cerca de 80g)
  • Açúcar para polvilhar

calda de lavanda

 
  • ¾ xícara (chá) de água (150ml)
  • 2 colheres (sopa) de açúcar (40g)
  • 1 colher (sopa) rasada de sementes de flores de lavanda desidratadas (2g)

 MODO DE FAZER 

massa

Na batedeira, bata os 4 primeiros ingredientes até obter um creme leve. Sem bater, junte a farinha de trigo, as claras e por último o fermento. Despeje na fôrma untada e asse no forno preaquecido. Desenforme morno, regue com a calda quente e, depois de frio polvilhe com o GLAÇÚCAR.

calda de lavanda

Ferva a água com a lavanda por 2 minutos. Fora do fogo, tampe a panela e reserve em infusão até esfriar. Coe e despreze a lavanda. Junte o açúcar UNIÃO ao chá e volte ao fogo até obter uma calda em ponto de fio fraco. Utilize imediatamente.
 
Dicas
  • Temperatura do forno: moderada (180°C)
  • Tempo de forno: cerca de 50 minutos
  • Rendimento: cerca de 12 porções
  • As sementes de flores de lavanda desidratadas podem ser encontradas em grandes supermercados ou lojas de produtos naturais em forma de chá.
 
mais receitas aqui no site da União
 

Mostra Internacional de Cinema ao ar livre – Ibirapuera

A 35ª Mostra vai promover uma sessão da cópia restaurada de “Amarcord (1973)”, do diretor Federico Fellini, na área externa do Auditório do Ibirapuera neste domingo, 30, às 20h. O filme foi incluído na programação do evento, para homenagear o centenário de nascimento do compositor italiano Nino Rota (1911-1979), que teve longa parceria com Fellini.

Sinopse:
Baseado na cidade de Rimini, onde Fellini, diretor do filme, cresceu, o filme retrata a vida dos habitantes de uma pequena cidade italiana costeira, nos anos 30, incluindo várias histórias de uma família que acompanha eventos de uma Itália sob o regime fascista. O filme é realizado com os melhores recursos da época: a forma livre, o faz de conta e o humor agridoce que tant marcou os melhores filmes do diretor durante a década de 50.

Infantil

Piparote – Sesc Belenzinho

O Sesc Belenzinho encerra o mês das crianças com o espetáculo circense “Piparote” neste domingo, 30, às 17h. A entrada é entrada é grátis e é necessário retirar ingressos no local com 30 minutos de antecedência.

No espetáculo, dois palhaços estão em um beco, sem nada para comer e famintos, observam qualquer coisa que se mova para matar a fome.

Nisso, surge uma galinha que coloca um ovo. Os dois não perdem tempo e tentam devorar o ovo e a galinha. Com Família Burg.

Exposição – Miles Davis – Sesc Pinheiros

 

SESC Pinheiros

20/10 a 22/01.

Terça a sexta, das 10h30 às 21h30

Sábados, domingos e feriados, das 10h30 às 18h30

Grátis 

Organizada pelo museu Cité de la Musique, de Paris, cinqüenta anos após a gravação das obras primas Kind of Blue e Sketches of Spain e quarenta anos após o revolucionário Bitches Brew, esta exposição procura reconstituir a trajetória de Miles Davis, desde sua infância em St. Louis, até seu último concerto, no La Villette de Paris. Abertura 19/10/2011, às 20h.

Queremos Miles! é organizada em blocos temáticos segmentados cronologicamente, recriando durante o trajeto a carreira de músico. A ambientação é especialmente projetada com cenografia cuidadosa e tecnologia acústica de alto padrão para proporcionar qualidade na apreciação das obras musicais de Miles Davis enquanto o visitante desfruta das obras visuais. Objetos cedidos por parceiros, por colecionadores e pela família compõem a exposição, entre elas: partituras originais, manuscritos, discos, figurinos, documentos, filmes, obras de arte, fotografias e instrumentos, inclusive uma coleção de trompetes usados por Miles. Entre as obras de arte, há fotografias de Annie Leibovitz e pinturas de Jean Michel Basquiat, além de pinturas feitas pelo próprio Miles Davis. 

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

Quando: 22 e 23 de Novembro – Terça e quarta

Que horas: das 10h às 17h30

Onde: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000 – tel.: (11) 2076-9700

Quanto: R$ 40,00 [inteira] /R$ 20,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) /R$ 10,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes)

O Seminário Internacional Cultura e Transformação Urbana traz ao SESC Belenzinho a discussão sobre o reflexo que atividades e aparelhos culturais podem causar na sociedade.
Diversas cidades voltam cada vez mais atenção para projetos culturais, criando eventos, espaços e equipamentos que estimulem a produção e execução de tais projetos, visando os reflexos positivos que esse tipo de ação pode causar no entorno. Variando de acordo com a proporção do evento cultural promovido, os benefícios localizados incluem a valorização de espaços urbanos menos favorecidos, a dinamização do fluxo da cidade e o estímulo à economia local. Ações culturais de grande porte podem mudar a forma como a cidade é reconhecida e mencionada, no mínimo enquanto o evento acontece.

O Seminário observa, porém, que tais transformações sociais podem ser validadas ou aniquiladas de acordo com outros fatores que envolvem questões políticas, econômicas e particulares de cada sociedade.
Em uma época especialmente apropriada para o Brasil, que vive o desenvolvimento de grandes projetos, o Seminário pretende discutir e investigar quais os fatores que podem fazer projetos darem certo (ou errado) na tentativa de refletir sobre quais são os caminhos. Inscrições a partir de 25/10, online ou nas centrais de atendimento (consulte o horário de funcionamento de cada unidade).

Programação

22/11/2011 – terça-feira
Manhã | Rede de Equipamentos Culturais
Danilo Santos de Miranda – Diretor do Departamento Regional do SESC SP
Jorge Melguizo – Ex -Secretário de Cultura e Secretário de Desenvolvimento Social (Bogotá – Colômbia)
Mediação: Carlos Agusto Calil – Sec. Mun. Cultura
Tarde | Novos usos do Patrimônio e Diálogos com o Entorno
Olivier Caro – Chefe de Projetos da Secretaria de Cultura (Nantes – França)
Donald Hyslop – Chefe de Parcerias e Relações com a Comunidade (Londres – Inglaterra)
Mediação: Antonio Carlos Sartini – Sec. Est. De Cultura e Teixeira Coelho – Curador/MASP

23/11/2011 – quarta-feira
Manhã | Ícones Culturais de Transformação Urbana
Roberto Goméz de la Iglesia – Diretor do Museu Guggenheim (Bilbao – Espanha)
Stephane Lavoie – Diretor Geral TOHU (Montreal – Canadá)
Mediação: Jorge Wilheim (Jorge Wilheim Cons.) e Luiz Dias Guimarães – Santos Convention Bureau
Tarde | Festivais Internacionais com Essência Local
Faith Liddell – Diretora do Edinburgh Festivals (Edinburgh – Escócia)
Mauro Munhoz – Diretor da FLIP – Festa Literária de Paraty
Mediação: Caio Luiz de Carvalho – SP Turis

Tá em Choque?

GABI!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: